Este espaço é reservado para troca de textos e informações sobre a História do Brasil em nível acadêmico.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

** Cronologia de Nelson Werneck Sodré

 

Cronologia de Nelson Werneck Sodré

Fonte: ITU.COM.BR Publicado: Sábado, 22 de janeiro de 2011 por Salathiel de Souza

Saiba mais sobre a vida e a obra do historiador.
Divulgação
Foto
Nelson Werneck Sodré faleceu em Itu, no ano de 1999
1911 – Nasce no Rio de Janeiro (RJ) em 27 de abril, filho de Heitor de Abreu Sodré e Amélia Werneck Sodré.
1924 – Ingressa no Colégio Militar do Rio de Janeiro.
1929 – Publica o conto "Satânia", premiado pela revista O Cruzeiro.
1930 – Ingressa na Escola Militar do Realengo.
1933 – Conclui o curso, fazendo a Declaração de Aspirantes.
1934 – É designado para servir no Regimento de Artilharia de Itu (Regimento Deodoro). Começa a colaborar com artigos para o Correio Paulistano.
1935 – Casa-se com Yolanda Frugoli Sodré, em 2 de fevereiro.
1936 – Passa a considerar-se um profissional da Imprensa, assinando críticas literárias no Correio Paulistano.
1937 – Após a decretação do Estado Novo, em 10 de novembro, é nomeado ajudante-de-ordens do general José Pessoa, designado comandante da 9ª Região Militar, no Mato Grosso.
1938 – Publicação de "História da Literatura Brasileira".
1939 – Publicação de "Panorama do Segundo Império".
1940 – Torna-se amigo pessoal de Graciliano Ramos, Jorge Amado e vários expoentes da literatura no período, já tendo ingressado no Partido Comunista do Brasil.
1941 – Publicação de "Oeste". Nasce sua filha Olga Regina Frugoli Sodré.
1942 – Publicação de "Orientações do Pensamento Brasileiro".
1943 – Publicação de "Síntese do Desenvolvimento Literário no Brasil".
1944 – Publicação de "Formação da Sociedade Brasileira".
1945 – Publicação de "O Que Se Deve Ler Para Conhecer o Brasil".
1951 – É desligado da Escola de Estado-Maior devido às posições políticas que assumiu publicamente: participar da diretoria do Clube Militar, empenhada na luta pelo monopólio estatal da pesquisa e lavra do petróleo no Brasil, e pela publicação, sob pseudônimo, de um artigo na Revista do Clube Militar, claramente identificado com as posições sustentadas à época pelo Partido Comunista Brasileiro, em que combatia a participação do Brasil na Guerra da Coréia. É transferido para o 5º Regimento de Artilharia em Cruz Alta (RS).
1954 – Estando no Rio de Janeiro (RJ), é convidado por Alberto Guerreiro Ramos a participar do Instituto Brasileiro de Economia, Sociologia e Política (IBESP), que oferecia cursos de pós-graduação no auditório do Ministério da Educação e Cultura.
1955 – Reformulação do IBESP, que passa a ser chamado de Instituro Superior de Estudos Brasileiros (ISEB), do qual participa desde a sua fundação, inicialmente apenas participando das reuniões, escrevendo artigos e fazendo conferências.
1956 – O ISEB passa a ocupar sede no bairro de Botafogo. Torna-se o responsável pelo Curso de Formação Histórica do Brasil.
1957 – Publicação de "As Classes Sociais no Brasil" e "O Tratado de Methuen".
1958 – Publicação de "Introdução à Revolução Brasileira".
1959 – Publicação de "Narrativas Militares".
1961 – Publicação de "A Ideolologia do Colonialismo".  Durante a crise gerada pela renúncia de Jânio Quadros, é preso por 10 dias por se se opor à tentativa do golpe que pretendia impedir a posse do vice-presidente eleito, João Goulart. Com a posse de Goulart, sob o regime parlamentarista, seu pedido de passagem à reserva foi despachado, anulado e, mais uma vez, Sodré foi classificado para servir na capital do Pará, agora numa Circunscrição Militar. É promovido ao generalato por antiguidade e pela segunda vez requer seu afastamento do serviço ativo do Exército, consumando sua saída das fileiras militares.
1962 – Publicação de "Formação Histórica do Brasil".
1963 – Publicação de "Quem Matou Kennedy".
1964 - Após a deposição do presidente Goulart pelos militares, teve seus direitos políticos cassados por dez anos. Refugiado em uma fazenda de parentes em Fernandópolis (SP), foi preso no dia 26 de maio e enviado ao Rio de Janeiro, onde ficou detido durante 57 dias.
1965 – Publicação, na Argentina, de "Evolución Social y Económica del Brasil", "Ofício de Escritor", "O Naturalismo no Brasil", "As Razões da Independência" e "A História Militar no Brasil. Várias de suas obras foram censuradas e retiradas de livrarias e distribuidoras de todo o país.
1966 – Publicação de "História da Imprensa no Brasil", obra de referência até hoje.
1967 – Publicação de "Memórias de Um Soldado".
1968 – Publicação de "Fundamentos da Economia Marxita", "Fundamentos da Estética Marxista", Fundamentos do Materialismo Histórico" e "Fundamentos do Materialismo Dialético".
1970 – Publicação de "Síntese de História da Cultura Brasileira" e "Memórias de Um Escritor".
1974 – Publicação de "Brasil: Radiografia de Um Modelo".
1976 – Publicação de "Introdução à Geografia".
1978 – Publicação de "A Verdade Sobre o ISEB", "Oscar Niemeyer" e "A Coluna Prestes".
1984 – Publicação de "Vida e Morte da Ditadura"
1985 – Publicação de "Contribuição à História do PCB", "O Tenentismo" e "História e Materialismo Histórico no Brasil".
1986 – Publicação de "História da História Nova" e "A Intentona Comunista de 1935".
1987 – Publicação de "O Governo Militar Secreto" e "Literatura e História no Brasil Contemporâneo".
1988 – Republicação de "Memórias de Um Escritor" com o título "Em Defesa da Cultura".
1989 – Publicação de "A República: Uma Revisão Histórica", "A Marcha Para o Nazismo" e do ensaio "O Populismo: a Confusão Conceitual".
1990 – Publicação de "Capitalismo e Revolução Burguesa no Brasil", "O Facismo Cotidiano" e "A Luta Pela Cultura".
1992 – Publicação de "A Ofensiva Reacionária" e "O Golpe de 64".
1994 – Publicação de "A Fúria de Calibã".
1995 – Publicação de "A Farsa do Neoliberalismo".
1998 – Publicação de "Tudo é Política: 50 Anos do Pensamento de Nelson Werneck Sodré", com textos inéditos em livro ou censurados, organizados por Ivan Alves Filho.
1999 – Falece na cidade de Itu, em 13 de janeiro.

Clique aqui para cadastrar-se no Grupo de Estudos da História do Brasil
Conheça nosso perfil no Faceboock
Follow grupohistoriabr on Twitter Inscrever RSS do Grupo de Estudos da História do Brasil Visite o Blog do GEHB

__._,_.___
Atividade nos últimos dias:
    **Este grupo foi criado com o intuito de promover releituras da HISTÓRIA DO BRASIL e tão-somente  HISTÓRIA DO BRASIL.  Discussões sobre a situação atual: política, econômica e social não estão proibidas, mas existem outros fóruns mais apropriados para tais questões.


                                                                                                    Por Favor divulguem este grupo e grato pelo interesse .
 
Visite o Blog do nosso Grupo:http://www.grupohistoriadobrasil.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Arquivo do blog

Seguidores do Grupo de Estudos da História do Brasil - GEHB.

Livraria Cultura - Clique aqui e conheça nossos produtos!