Grupo de Estudos da História do Brasil - GEHB

Este espaço é reservado para troca de textos e informações sobre a História do Brasil em nível acadêmico.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Divulgação de evento - Encontro Regional Nordeste de História Oral “Ficção e poder: oralidade, imagem e escrita”

O próximo Encontro Regional Nordeste de História Oral “Ficção e poder: oralidade, imagem e escrita” será realizado em Fortaleza, entre os dias 09 e 12 de maio de 2017. As inscrições para apresentação de trabalhos podem ser feitas até 28/02/2017 no site do evento: www.nordeste2017.historiaoral.org.br
Abaixo, listamos os Simpósios Temáticos:

ST 01 - A contribuição da História História Oral nos estudos do patrimônio cultural
Coordenadoras: Ana María Sosa González (Centro Universitário La Salle – Canoas); Cleusa Maria Gomes Graebin (UNILASALLE)

ST 02 - A Memória e a Escrita da História da Cidade: Narrativas Orais e Literatura Memorialística.
Coordenador: José Jorge Andrade Damasceno (UNEB)

ST 03 - A Morte, o Morrer e os Mortos nas Memórias.
Coordenador(a): Joaquim dos Santos (URCA)

ST 04 - Diante do não escrito, o poder da escrita.
Coordenador: Francisco Regis Lopes Ramos (UFC)

ST 05 - Ditadura(s) e Resistência(s): Interlocuções entre História Oral e Memória.
Coordenadoras: Carla Simone Rodeghero (UFRGS); Lucileide Costa Cardoso (UFBA)

ST 06 - Educação histórica e usos do passado: cultura material, museu e oralidade.
Coordenador(a): Rodrigo Alves Ribeiro (UFC)

ST 07 - História intelectual, do livro e da leitura: escrita, oralidade, memória, documentos.
Coordenador(a): Gilberto Gilvan Souza Oliveira (UFC)

ST 08 - História Oral e Educação das Populações Afrobrasileiras e Indígenas: Desafios e Possibilidades teórico-técnico-metodológicas.
Coordenadoras: Kássia Mota de Souza (UECE); Zuleide Fernandes de Queiroz (URCA)

ST 09 - História Oral, Narrativa e Temporalidade.
Coordenadores: Antonio Torres Montenegro (UFPE); Regina Beatriz Guimarães Neto (UFPE)

ST 10 - História Social no Campo: memória, oralidade e identidade.
Coordenadores: Mário Martins Viana Júnior (UFC); Samuel Carvalheira de Maupeou (UECE)

ST 11 - História, memória e cultura local: Construindo e reconstruindo a história dos grupos humanos.
Coordenadores: Cleberson Vieira de Araújo (IFPB); Juvandi de Souza Santos (UEPB).

ST 12 - Imagem, narrativa e performance.
Coordenadora: Meize Regina de Lucena Lucas (UFC)

ST 13 - Memória e Oralidades na História de Mulheres: Intelectuais, Educadoras, Militantes Políticas.
Coordenadores: Lia Machado Fiuza Fialho (UECE); Charliton José dos Santos Machado (UFPB).

ST 14 - Memórias, política e Estado de Exceção no Brasil e América Latina.
Coordenador(a): Márcio Ananias Ferreira Vilela (UFPE); Marcelo Góes Tavares (UNEAL)

ST 15 - Narrativas e silêncios, entre a história e a memória: o Brasil pós-64.
Coordenadores: Kamillo Karol Ribeiro da Silva (UFC); Wellington Sampaio da Silva (IFTO)

ST 16 - Oralidade, Narrativa e Sertão: diversas criações de sentidos.
Coordenadoras: Ana Isabel Ribeiro Parente Cortez Reis (URCA); Ana Sara Ribeiro Parente Cortez Reis (UFC)

ST 17 - Patrimônio imaterial, história oral e políticas públicas.
Coordenadora: Isabel Cristina Martins Guillen (UFPE)

ST 18 - Política, narrativas e subjetividades.
Coordenadores: Ana Rita Fonteles Duarte (UFC); Edmilson Alves Maia Júnior (UECE)

ST 19 - Saúde, Doença e Oralidades.
Coordenadora: Ana Karine Martins Garcia (UFC)

Atenciosamente,

Coordenação do XI Encontro Regional Nordeste de História Oral

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Revista Navigator (do Latim leia-se como escrito), recebe artigos até 23 de abril de 2017 para compor o dossiê intitulado: “O Brasil e a Grande Guerra”.



Revista Navigator (do Latim leia-se como escrito), recebe artigos até 23 de abril de 2017 para compor o dossiê intitulado: “O Brasil e a Grande Guerra”.

A Revista Navigator (Qualis B3) recebe artigos até 23 de abril de 2017 para compor o dossiê intitulado: “O Brasil e a Grande Guerra” organizado pelos Profs. Drs. Francisco Eduardo Alves de Almeida (Programa de Pós-Graduação em Estudos Marítimos / EGN) e José Miguel Arias Neto (Programa de Pós-Graduação em História Social / UEL).
A Primeira Guerra Mundial (1914-1918) é considerada por muitos historiadores como um dos marcos iniciais do século XX. Ultrapassando as fronteiras europeias e espraiando seus tentáculos por todo o globo, tal conflito foi o mais mortífero e destruidor que a humanidade vivenciara até então, resultando em um saldo de oito a nove milhões de mortos, além de cerca de trinta milhões de feridos. As transformações desencadeadas pela Grande Guerra não se restringiram às suas consequências letais, mas também influenciaram os rumos da humanidade nos contextos político, geopolítico, cultural, social, econômico, tecnológico e científico.
O Brasil manteve-se neutro até o ano de 1917, quando, após ter sofrido uma série de ataques a navios mercantes, declarou guerra à Alemanha. Destacou-se no esforço de guerra brasileiro: a operação de uma Divisão Naval no Teatro de Guerra; o envio de aviadores navais e militares à Europa; e a atuação de uma Missão Médica Militar na França. Entretanto, mesmo antes de 1917, o grande conflito já repercutia no Brasil nos diversos espectros sociais e no âmbito cotidiano.
A partir dessa perspectiva, a Revista Navigator convida historiadores e pesquisadores que se debruçam sobre a correlação da Grande Guerra com o Brasil para uma discussão acerca do tema. Esperamos contribuições que abordem os diversos contextos acima elencados relacionados à história militar.'
A aceitação dos trabalhos é decorrente do processo de avaliação por pares. Além disso, a Navigator recebe artigos e resenhas em fluxo contínuo.
Mais informações em seguindo as seguintes especificações:
1. Os artigos devem ser apresentados no padrão Word for Windows. Terão a extensão de 20 páginas no máximo, digitadas em fonte Times New Roman 12, com espaço entre linhas de 1,5 e com margens de 2,5cm. As notas devem ser colocadas no final do texto;
2. Se houver imagens, estas deverão ser, preferencialmente, digitalizadas em 300 DPI no formato TIFF ou JPG. No caso de imagens provenientes de câmera digital, a resolução deve ser a mais alta do equipamento. As imagens não deverão estar inseridas no texto em Word, mas gravadas separadamente;
3. Os artigos deverão estar acompanhados de resumo (português e inglês) de no máximo 10 linhas e 3 palavras-chaves;
4. Os ensaios seguirão as mesmas normas especificadas para os artigos;
5. As resenhas poderão ter até 7 páginas;
6. As notas deverão obedecer à NBR 6023;
SOBRENOME, Nomes. Título do livro em itálico: subtítulo. Tradução. Edição, Cidade: Editora, ano, p. ou pp.
SOBRENOME, Nomes. Título do capítulo ou parte do livro. In: Título do livro em itálico. Tradução. Edição, Cidade: Editora, ano, p. X-Y.
SOBRENOME, Nomes. Título do artigo. Título do periódico em itálico. Cidade: Editora, fascículo, p. X-Y, ano.
7. Os trabalhos devem ser remetidos com uma folha à parte com nome completo do autor, seguido das referências com as quais deseja ser apresentado (no máximo três linhas), endereço completo, e-mail e telefone para contato.
8. Uma vez publicados os trabalhos, à NAVIGATOR se reserva todos os direitos autorais, permitindo, entretanto, a sua posterior reprodução, com a devida citação da fonte.
9. Toda correspondência referente à NAVIGATOR deve ser encaminhada à Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha – Departamento de Publicações e Divulgação. Praça Barão de Ladário, s/nº, Ilha das Cobras, Rio de Janeiro, RJ, CEP 200091-000, aos cuidados do Editor da Revista NAVIGATOR.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Palestra: O despejo da dignidade do povo indígena Guarani Kaiowá da Tekoha Apyka'i em Dourados - MS.


Palestra promovida pelo GEPEH/UFMS e pelo NEABI/UFMS e que faz parte do projeto do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu (Especialização) "Educação para as relações étnico-raciais, gênero e diferença no contexto do ensino de história e cultura brasileiras".

A intensificação dos conflitos e da violência contra povos indígenas e minorias no Brasil tem preocupado e indignado os profissionais do meio acadêmico. Compreendendo que o espaço do ensino de História é, fundamentalmente, de formação política, e que a produção de conhecimento nas universidades têm uma função social crucial, convidamos a todos para ouvir as considerações do prof. Tiago Botelho gestadas a partir de suas experiências de parceria e atuação junto à comunidades indígenas no MS, de sua experiência profissional e estudos acadêmicos.


Profa. Dra. Maria Lima (coordenadora do GEPEH e membro do NEABI)

Palestra: O despejo da dignidade do povo indígena Guarani Kaiowá da Tekoha Apyka'i em Dourados - MS.
_______________________________________
Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Ensino de História (GEPEH/UFMS)
Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCHS)
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Convite - Simpósio História & Teatro em Brasília



Simpósio Nacional de História 2017 (Brasília-DF) - ST 042 - História & Teatro



Caro(a)s colegas,
Gostaríamos de convidar a todos os interessados em discutir as relações entre História & Teatro para se juntarem a nós no XXIX Simpósio Nacional de História da ANPUH, evento que ocorrerá entre 24 e 28 de julho de 2017, em Brasília/DF. A iniciativa de propor um simpósio que refletisse sobre História & Teatro começou em Florianópolis/SC, em 2006, no III Simpósio Nacional de História Cultural, e se consolidou em São Leopoldo/RS, em 2007, no XXIV Simpósio Nacional de História, em São Paulo/SP, em 2008, no XIX Encontro Regional de História da ANPUH-SP, em Fortaleza/CE, em 2009, no XXV Simpósio Nacional de História, em Franca/SP, em 2010, no XX Encontro Regional de História da ANPUH-SP, em São Paulo/SP, em 2011, no XXVI Simpósio Nacional de História, em Campinas/SP, em 2012, no XXI Encontro Regional de História, em Natal/RN, em 2013, no XXVII Simpósio Nacional de História, em Santos/SP, em 2014, no XXII Encontro Regional de História da ANPUH-SP, em Florianópolis/SC, em 2015, no XXVIII Simpósio Nacional de História e, em Assis/SP, em 2016, no XXIII Encontro Regional de História da ANPUH-SP. 

Ela é retomada agora visando reafirmar o sentido original da nossa proposta e incorporar um maior número de pessoas interessadas em se integrar a essas discussões.
As inscrições para o Simpósio História & Teatro estão abertas desde 9 de janeiro e se encerram em 6 de março. Para maiores detalhes, consultar a página do evento http://www.snh2017.anpuh.org/site/capa ou encaminhar mensagem via e-mail para akparanhos@uol.com.br. Lembramos ainda que o resumo deve ter no mínimo 2200 caracteres, e no máximo de 2.800  (ver http://www.snh2017.anpuh.org/inscricoes/capa). 
Atenciosamente,
Kátia Rodrigues Paranhos (Universidade Federal de Uberlândia/UFU/MG)  e Vera Collaço (Universidade do Estado de Santa Catarina/Udesc/SC) - Coordenadoras do Simpósio Temático, 042 http://www.snh2017.anpuh.org/simposio/view?ID_SIMPOSIO=16

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Chamada de artigos - Revista Perspectiva Histórica

Revista Perspectiva Histórica - Próxima edição, prevista para o segundo semestre de 2017, cujo tema será "Biografias e Trajetórias".

Revista Perspectiva Histórica - http://perspectivahistorica.com.br - é uma revista semestral, cujo objetivo é discutir criticamente temas relevantes para a sociedade brasileira, funcionando como um canal de diálogo entre a produção acadêmica e um público mais amplo. 

Procuramos, também, articular diferentes espaços de produção de conhecimento, contando com a participação de autores renomados e novos pesquisadores que apresentem uma produção de qualidade em seus respectivos campos de estudos.

Nossa periodicidade é semestral, e publicamos artigos, entrevistas e resenhas críticas, inéditos, na área de humanas.

Gostaríamos de convidar você para participar da nossa próxima edição, prevista para o segundo semestre de 2017, cujo tema será "Biografias e Trajetórias".

Segue o link com as normas para publicação:


O prazo para o envio do artigo é 01 de maio de 2017. Os artigos deverão ser enviados para o e-mail perspectivahistorica.biografia@gmail.com

Atenciosamente,

Equipe Perspectiva Histórica

-- 

Fabrício Augusto Souza Gomes

"Onde o homem passou e deixou marca de sua vida e inteligência, aí está a História". (Fustel de Coulanges)

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Simpósio Nacional de História 2017 (Brasília-DF)


Simpósio Nacional de História 2017 (Brasília-DF)

O próximo Simpósio Nacional de História Contra os preconceitos: História e Democracia será realizado em Brasília-DF, entre os dias 24 e 28 de julho de 2017. As inscrições para apresentação de trabalhos podem ser feitas até 06/03/2017 no site do evento: www.snh2017.anpuh.org
Abaixo, listamos os Simpósios Temáticos coordenados por professores ou pesquisadores do Estado do Rio de Janeiro:

ST 004 - A História Global: métodos, abordagens e historiografia

Coordenadores:
Marco Aurélio Ferreira da Silva (Universidade Estadual do Ceará), Monique Sochaczewski Goldfeld (Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME))

ST 005 - A História Militar: contra o preconceito, saberes e práticas científicas

Coordenadores:
Francisco Eduardo Alves de Almeida (Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas - Universidade de Lisboa), Ricardo Pereira Cabral (Escola de Guerra Naval)

ST 010 - África: pluralismo histórico e temático (do século XI à primeira metade do século XIX)

Coordenadores:
Monica Lima e Souza (UFRJ), Roquinaldo Ferreira (Brown University)

ST 011 - Anarquismo em questão: conceitos, práticas e trajetórias.

Coordenadores:
Angela Maria Roberti Martins (UERJ / UNIGRANRIO), José Damiro de Moraes (UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO / UNIRIO)

ST 013 - Arquivos como objeto de pesquisa: representações, configurações e usos

Coordenadores:
Letícia Borges Nedel (UFSC), Luciana Quillet Heymann (Fundação Getulio Vargas/CPDOC)

ST 015 - As Américas do século XVI ao XVIII: conexões entre o local e o global

Coordenadores:
Luis Guilherme Assis Kalil (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro), Luiz Estevam de Oliveira Fernandes (ICHS-UFOP)

ST 016 - As condições históricas das legislações sobre o Patrimônio Cultural

Coordenadores:
Joana D'arc Fernandes Ferraz (Universidade Federal Fluminense), Yussef Daibert Salomão de Campos (Universidade Federal de Goiás)

ST 017 - As sensibilidades na história: artes, ciências e pensamento

Coordenadores:
Antonio Herculano Lopes (FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA), Nadia Maria Weber Santos (IHGRGS)

ST 018 - Caminhos da política no Império do Brasil

Coordenadores:
Adriana Pereira campos (Ufes), Marcello Otávio Neri de Campos Basile (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro)

ST 024 - Dimensões da desordem em colônias: contrabando, descaminhos e heterodoxias religiosas

Coordenadores:
Adriana Romeiro (Universidade Federal de Minas Gerais), Paulo Cavalcante (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro)

ST 025 - Direitas, História e Memória

Coordenadores:
Janaina Martins Cordeiro (Universidade Federal Fluminense), Odilon Caldeira Neto (Universidade Federal do Rio Grande - FURG)

ST 027 - E/Imigrações: histórias, culturas, trajetórias

Coordenadores:
Frederico Alexandre de Moraes Hecker (Unesp), Ismênia Maria de Lima Martins (PPGH-UFF)

ST 028 - Educação democrática e ensino de história: potenciais e perigos das novas propostas de reforma educacional

Coordenadores:
Fernando de Araujo Penna (Universidade Federal Fluminense), Fernando Seffner (UFRGS)

ST 029 - Ensino de História e as lutas entre narrativas: políticas, saberes e práticas

Coordenadores:
Ana Maria Ferreira da Costa Monteiro (Universidade Federal do Rio de Janeiro), Helenice Aparecida Bastos Rocha (Universidade do Estado do Rio de Janeiro)

ST 033 - Estado, democracia e movimentos sociais no mundo contemporâneo.

Coordenadores:
Eduardo Scheidt (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), Tatyana de Amaral Maia (PUC-RS)

ST 034 - ESTADOS UNIDOS: sociedade, política e cultura (XVIII ao XXI)

Coordenadores:
Flávio Limoncic (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro), Mary Anne Junqueira (Departamento de História - USP)

ST 037 - Gramsci na Pesquisa Histórica (séculos XIX, XX E XXI)

Coordenadores:
Antônio Cláudio Barbosa Rabello (Universidade Federal de Rondônia), Sonia Regina de Mendonça (UFF)

ST 038 - GT História da Saúde e das Doenças

Coordenadores:
Dilene Raimundo do Nascimento (Fundação Oswaldo Cruz/Casa de Oswaldo Cruz), Rita de Cássia Marques (UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS)

ST 040 - Habitação e direito à cidade: favelas, subúrbios, periferias e assentamentos informais no Brasil

Coordenadores:
Mauro Henrique de Barros Amoroso (UERJ/FEBF), Rafael Soares Gonçalves (PUC-Rio)

ST 043 - História Ambiental: ciência, tecnologia e o mundo natural

Coordenadores:
Diogo de Carvalho Cabral (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Ely Bergo de Carvalho (UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS)

ST 045 - História Ambiental: o Antropoceno, desastres e biodiversidadeHistória Ambiental: o Antropoceno, desastres e biodiversidade

Coordenadores:
Eunice Sueli Nodari (Universidade Federal de Santa Catarina), Lise Fernanda Sedrez (Universidade Federal do Rio de Janeiro)

ST 047 - História da Educação: culturas, práticas e representações

Coordenadores:
Carlota Boto (Faculdade de Educação da USP), Washington Dener dos Santos Cunha (UERJ)

ST 048 - História da loucura, da psiquiatria e das instituições de assistência.

Coordenadores:
Ana Teresa Acatauassú Venancio (Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz), Yonissa Marmitt Wadi (Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE)

ST 057 - História e Memória do Turismo

Coordenadores:
André Barcelos Damasceno Daibert (Universidade Federal de Juiz de Fora), Valeria Lima Guimarães (Universidade Federal Fluminense)

ST 058 - História Econômico-Social nos séculos XIX, XX e XXI: diálogos interdisciplinares entre História, Economia e Relações Internacionais.

Coordenadores:
Almir Pita Freitas Filho (Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ), Leonardo Leonidas de Brito (Colégio Pedro II)

ST 063 - História Política: conceitos, métodos e suas múltiplas experiências

Coordenadores:
Américo Oscar Guichard Freire (FGV/CPDOC), Carla Brandalise (UFRGS)

ST 064 - História Rural: debates, conceitos e pesquisas

Coordenadores:
Francivaldo Alves Nunes (Universidade Federal do Pará), Marina Monteiro Machado (Universidade do Estado do Rio de Janeiro)

ST 065 - História, cinema e televisão: espaços de construção da memória

Coordenadores:
Eduardo Victorio Morettin (Universidade de São Paulo), Mônica Almeida Kornis (CPDOC/FGV)

ST 071 - Ideias em construção: produção, circulação e recepção de ideias por meio dos impressos e livros no Oitocentos - Um espaço de debates para a Sociedade de Estudos dos Oitocentos

Coordenadores:
Beatriz Pìva Momesso (Universidade Federal Fluminense), Monique de Siqueira Gonçalves (Universidade do Estado do Rio de Janeiro)

ST 072 - Igreja, Sociedade e Poder na Idade Média

Coordenadores:
Paulo Duarte Silva (Universidade Federal do Rio de Janeiro), Renata Cristina de Sousa Nascimento (UFG (Campus de Jataí)/UEG/PUC-GO)

ST 074 - Imagens da Morte: historicidades e historiografias

Coordenadores:
Cláudia Rodrigues (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO), Mauro Dillmann Tavares (Universidade Federal do Rio Grande - FURG)

ST 076 - Impérios Ibéricos no Antigo Regime: política, sociedade e cultura

Coordenadores:
Carmen Margarida Oliveira Alveal (UFRN), Fabiano Vilaça dos Santos (Universidade do Estado do Rio de Janeiro)

ST 077 - Imprensa e circulação de ideias: o papel dos periódicos nos séculos XIX e XX

Coordenadores:
Isabel Lustosa (Fundação Casa de Rui Barbosa), Tania Regina de Luca (UNESP)

ST 078 - Inquisição, clero e conexões religiosas no mundo ibérico e colonial

Coordenadores:
Angelo Adriano Faria de Assis (Universidade Federal de Viçosa), Yllan de Mattos (Universidade Estadual Paulista -UNESP)

ST 079 - Instituições, experiências e trajetórias militares: diálogos entre práticas políticas e história social (1750-1889) - SEO.

Coordenadores:
Adriana Barreto de Souza (UFRuralRJ), José Iran Ribeiro (UFSM)

ST 081 - Intolerâncias: História do Poder, Ideias e Sentimentos Políticos

Coordenadores:
Gizlene Neder (UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE), Marcia Baros Ferreira Rodrigues (Universidade Federal do Espírito Santo)

ST 083 - Marxismo e História 1: capitalismo, imperialismo, democracia e preconceitos

Coordenadores:
Gelsom Rozentino de Almeida (UERJ), Virginia Fontes (Universidade Federal Fluminense e EPSJV/FIOCRUZ)

ST 086 - Movimento estudantil e universidades em contextos autoritários: memórias, resistências e repressão.

Coordenadores:
Angelica Müller (Universidade federal Fluminense), Pedro Ernesto Fagundes (UFES- Universidade Federal do Espírito Santo)

ST 091 - Mundos do Trabalho: política e democracia

Coordenadores:
Paulo Fontes (CPDOC/FUNDAÇAO GETULIO VARGAS), Vinícius de Rezende (Universidade Federal da Bahia)

ST 094 - Nas tramas do Estado: arquivo, memória e cultura nas políticas públicas brasileiras

Coordenadores:
Aline dos Santos Portilho (Universidade Federal do Rio de Janeiro), Lucina Ferreira Matos (Fundação Oswaldo Cruz)

ST 095 - Novos Percursos e Reconfigurações: abolição, abolicionismos e pós-emancipação

Coordenadores:
Flavio dos Santos Gomes (Universidade Federal do Rio de Janeiro), Maria Helena Pereira Toledo Machado (FFLCH/USP)

ST 103 - Patrimônio, memória e cidadania.

Coordenadores:
Janice Gonçalves (UDESC), Márcia Regina Romeiro Chuva (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO)

ST 108 - Pós-abolição: racialização, memórias e protagonismos negros

Coordenadores:
Álvaro Pereira do Nascimento (UFRRJ - IM), Ana Flávia Magalhães Pinto (Universidade Estadual de Campinas (Unicamp))

ST 109 - Presença e Participação Indígena na História: diálogos interdisciplinares

Coordenadores:
João Pacheco de Oliveira Filho (Museu Nacional/UFRJ), Maria Regina Celestino de Almeida (UFF)

ST 112 - Rebeliões, Sedições, Conjurações: episódios e narrativas das contestações políticas no Brasil séculos XVII-XIX

Coordenadores:
André Figueiredo Rodrigues (Universidade Estadual Paulista (UNESP)), Luciano Raposo de Almeida Figueiredo (Universidade Federal Fluminense)

ST 113 - Reeducação étnico-racial e ensino de História: diálogos possíveis, relações necessárias

Coordenadores:
Lourival dos Santos (UFMS), Warley da Costa (UFRJ)

ST 115 - Repensar a velha república: novas reflexões e desafios na produção historiográfica sobre a Primeira República

Coordenadores:
Vera Lucia Bogea Borges (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro), Vítor Fonseca Figueiredo (Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (CAEd) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF))

ST 116 - Representações: política, imagens e escritas

Coordenadores:
Gabriel de Carvalho Godoy Castanho (Instituto de História-UFRJ), Maria Cristina Correia Leandro Pereira (USP)








ANPUH-RJ - Associação Nacional de História - Seção Rio de Janeiro

Arquivo do blog

Seguidores do Grupo de Estudos da História do Brasil - GEHB.

Livraria Cultura - Clique aqui e conheça nossos produtos!