Este espaço é reservado para troca de textos e informações sobre a História do Brasil em nível acadêmico.

domingo, 15 de agosto de 2010

GEHB ** O Jongo na Serrinha e Os Nove Pentes da África estão em nossa programação da semana ...

 
CINEMATIVA apresenta:

O JONGO NA SERRINHA: UM TRIBUTO À MESTRE DARCY

18/8 - quarta-feira, das 19h30 às 21h30

Um fenômeno de alegria, batuque e tradição, o Jongo é uma das maiores relíquias da música popular brasileira, sendo considerado um dos pais do Samba. O Grupo Cultural Jongo da Serrinha, que foi criado para dar continuidade aos trabalhos de preservação de patrimônio histórico do Jongo desenvolvidos por vovó Maria Joana e seu filho Mestre Darcy, têm hoje a Tia Maria do Jongo como sua matriarca. Com muita música e dança o documentário também toca, com humor em temas como racismo e religião.
Documentário. De Beatriz Paiva. Brasil. 2006.

Serviço:
Sesc Madureira
Ewbanck da Câmara, 90 - Madureira
Dia 18 de agosto de 2010.
às 19:30h
Classificação etária: 12 anos
Entrada: Gratuita

**************************
ESTIMATIVA indica:

OS NOVE PENTES D'ÁFRICA
(espetáculo em processo)

Baseado no livro Os Nove Pentes D'África, de Cidinha da Silva, o espetáculo de mesmo nome, traz para a cena, a história da família de Francisco Ayrá: marceneiro, escultor, negro, que antes de morrer deixa de presente para seus netos e netas, pentes africanos. Cada pente é signo de vários sentidos, aponta caminhos e faz perguntas.
A encenação é costurada por canções brasileiras e outras compostas especialmente para o espetáculo. Atabaques, tambores, pandeiros, cuícas, calimbas e marimbas conferem à trilha uma sonoridade que transita entre as músicas brasileira e africana.
O cenário do espetáculo é composto por pentes africanos gigantes que se transformam em bancos e cadeiras de madeira e ferro. O figurino urbano, investiga e absorve tecidos e adornos das culturas de África.
Quatro atores e três músicos, compõem o elenco deste espetáculo contemporâneo , que revela e celebra as reminiscências e ambiências das culturas de matriz africana reinventadas no Brasil.

Elenco:
Iléa Ferraz (direção/ cenografia e canto)
Luciana Lopes
Alexandre Firmino
Flávia dos Prazeres
Lincoln Oliveira

Figurino
Thaís Delgado

Músicos
Juninho Duvale ( arranjos)
Joás dos Santos

Patrocínio: Vale
Apoio Institucional: Jardim Botânico do Rio de Janeiro

Serviço:
Espaço Tom Jobim / Galpão das Artes
Rua Jardim Botânico, 1008 Jardim Botânico
De 19 a 21 de agosto de 2010.
Quinta às 16:00h, Sexta e sábado às 15:00h
Classificação etária: 12 anos
Entrada: Gratuita






--
Visite nosso portal
www.estimativa.org.br
Msn: ong.estimativa@hotmail.com
skype: estimativa
Tel.: 21 2567-0011
Assista nossos vídeos
http://www.youtube.com/cineminativa
__._,_.___


2 de 2 foto(s)
Atividade nos últimos dias:
    **Este grupo foi criado com o intuito de promover releituras da HISTÓRIA DO BRASIL e tão-somente  HISTÓRIA DO BRASIL.  Discussões sobre a situação atual: política, econômica e social não estão proibidas, mas existem outros fóruns mais apropriados para tais questões.

                                                                                                    Por Favor divulguem este grupo e grato pelo interesse .
 
Visite o Blog do nosso Grupo:http://www.grupohistoriadobrasil.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Arquivo do blog

Seguidores do Grupo de Estudos da História do Brasil - GEHB.

Livraria Cultura - Clique aqui e conheça nossos produtos!