Este espaço é reservado para troca de textos e informações sobre a História do Brasil em nível acadêmico.

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Simpósio História & Música - Floripa, Anpuh - 2015

  XXVIII Simpósio Nacional de História - Lugares dos historiadores: velhos e novos desafios. 

Prezados(as) colegas,
             Está escalado o time de pesquisadores(as) que entrará em campo no Simpósio Temático História & Música do XXVIII Simpósio Nacional de História da Anpuh, a realizar-se em Florianópolis, Ilha de Santa Catarina, entre 27 e 31 de julho de 2015. Quem estiver disponível para dar as caras por lá será muito-bem vindo. Considerem-se convidados(as).
              São, ao todo, 14 doutores, 8 doutorandos, 1 mestre e 9 mestrandos. Na prática, a distribuição geográfica contemplou, democraticamente, pessoas que provêm de 13 estados do Brasil: Acre, Amazonas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. Um cardápio pra lá de variado, logo se vê, inclusive do ponto de vista temático. 
               Floripa nos aguarda, com suas mil e uma atrações (acadêmicas, bem entendido).
              
____________________________________________________________________________________________________________
             
XXVIII SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA DA ANPUH
Florianópolis, 27-31 de julho de 2015-04-22
Simpósio Temático História & Música

Coordenadores:
Adalberto Paranhos (UFU/Unicamp)
Tânia da Costa Garcia (Unesp-Franca)


Terça-feira – 28 jul. 2015

Primeira sessão: das 14h00 às 16h00
1. André Augusto de Oliveira Santos
     A batucada dos engraxates paulistanos (1930-1945)
2. Nayre Carolina Gomes Luz
    Conflitos e conciliações em torno do samba e do projeto de construção de uma
     identidade cultural na era Vargas
3.  Ligia Nassif Conti
     “Das batucadas, do chorinho e do cordão”: transformações dos antigos espaços
     do samba na capital paulista (1968-1991)
4.  Alessander Mário Kerber
     Tango e identidade nacional no cinema argentino: o caso da obra de Libertad
     Lamarque

Segunda sessão: das 16h20 às 18h20
1.  Bernardo Thiago Paiva Mesquita
     O canto orfeônico na Amazônia: o Conservatório Amazonense Joaquim Franco e  
     A importância de Margarida Schiwazappa
2.  Antonio Mauricio Dias da Costa
     A polifonia formadora do carimbó nas representações de literatos, jornalistas e
     folcloristas no Pará (1900-1960)
3.  Tony Leão da Costa
     Carimbó: negritude, indianeidade e caboclice – debates sobre raça e identidade
      na música popular amazônica (década de 1970)
4.  Edilson Mateus Costa da Silva
     “Música popular do Norte”: Marcus Pereira e sua “missão” folclórico-musical 
     na Amazônia (anos 1970)

Quarta-feira – 29 jul. 2015

Primeira sessão: das 14h00 às 16h00
1.  Kelly Márcia de Moura Leal
     “Cala a boca, Bárbara”: censura disputa e disputa de gêneros em tempos de
     ditadura no Brasil
2.  Adalberto Paranhos
     Mulher, políticas do corpo e sexualidade na música popular (Brasil: 1970-1980)
3.  Camila Mota Farias
     “O coco tá no sangue”: a (re)invenção de uma tradição de fluxos dançantes por
     mulheres do Cariri-CE (1979-2012)
4.  Jefferson William Gohl
     Rita Lee e a canção em tempos de censura: entre a sexualidade e maternidade nos
     anos 1980

Segunda sessão: das 16h20 às 18h20
1.  Sheyla Castro Diniz
     Denúncia política e contracultura: uma análise da canção “Oriente” no contexto  
     do show de Gilberto Gil na Poli/USP (1973)
2.  Eduardo Felipe Cangemi da Cruz
     Discos Marcus Pereira e a música popular urbana do Brasil
3.  Tânia da Costa Garcia
      Funarte em tempos de Hermínio Bello de Carvalho
4.   Renan Branco Ruiz
      O jazz e a produção musical “independente” no Brasil setentista

Sexta-feira – 31 jul. 2015

Primeira sessão: das 8h00 às 10h00

1.   Mariana Oliveira Arantes
      Folclore e engajamento na produção artística de Violeta Parra e Woody Guthrie
2.   Andrea Beatriz Wosniak Gimenez
      De artista popular de folclore a “artista total”: transformações nas perspectivas
      artísticas de Violeta Parra
3.   Caio de Souza Gomes
      “El clamor solidário del mundo entero se levanta”: os movimentos de apoio ao
      povo chileno e a construção de uma “rede musical de solidariedade” nos anos   
      1970
4.   Rafael Rodrigues Cavalcante
      O apagão e o contra-apagão cultural: a música na ditadura militar chilena

Segunda sessão: das 10h20 às 12h20

1.   Natália Ayo Schmiedecke
      “Música em Onda: a esquerda chilena na disputa pelo público jovem
2.   José Rada Neto
      A criação de Krig-Ha, Bandolo!: aspectos simbólicos e mercadológicos no disco
      de estreia de Raul Seixas
3.   Gabriela Cordeiro Buscácio
      Entre lutas e protestos: Cazuza e Gonzaguinha na redemocratização
4.   Roberto Camargos
      “Aqui tem voz”: a idéia de poder da palavra como valor entre os rappers

Terceira sessão: das 14h00 às 16h00

1.   Uelba Alexandre do Nascimento
      “Deus me deu essa vida por prêmio, serei boêmio enquanto Ele quiser”: música
      e boemia nas primeiras décadas do século XX
2.   André Rocha Leite Haudenschild
      A caminho do mar” a boemia solar da Bossa Nova
3.   Lucas Victor Silva
      Invenção e reinvenções do frevo: notas para uma história de um gênero musical
      do século XX
4.   Tiago Antonio Bosi Concagh
      Sidney Miller e a crise do nacional-popular

Quarta sessão: das 16h20 às 18h20

1.   Paulo Henrique Pinto Coelho Rodrigues Alves
      Práticas culturais educativas na constituição do cenário musical no Brasil: as
      partituras em revistas
2.   Tereza Virginia de Almeida
      A canção popular e a materialidade da voz
3.   Danilo Pinheiro de Ávila
      Koellreutter e a vanguarda: mediações possíveis
4.   Marcello Messina
      Desdizendo o Risorgimento: narrativas revisionistas nas canções do Sul da
      Itália


Responder através da webatravés de emailAdicionar um novo tópicoMensagens neste tópico (1)
    **Este grupo foi criado com o intuito de promover releituras da HISTÓRIA DO BRASIL e tão somente  HISTÓRIA DO BRASIL.  Discussões sobre a situação atual: política, econômica e social não estão proibidas, mas existem outros fóruns mais apropriados para tais questões.

                                                                                                    Por Favor divulguem este grupo e grato pelo interesse .

Visite o Blog do nosso Grupo:http://www.grupohistoriadobrasil.blogspot.com
Yahoo! Grupos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Arquivo do blog

Seguidores do Grupo de Estudos da História do Brasil - GEHB.

Livraria Cultura - Clique aqui e conheça nossos produtos!