Este espaço é reservado para troca de textos e informações sobre a História do Brasil em nível acadêmico.

terça-feira, 6 de julho de 2010

Re: GEHB ** UMA PASSADA PELA ECONOMIA BRASILEIRA NO SECULO XIX

 
Prezados: algumas considerações sobre a discussão. Na época em debate, no início do século 19, não podemos falar literalmente de "economia brasileira", categoria plenamente funcional apenas a partir dos anos 1930. Nesse então, o Brasil era um Estado que não constituíra ainda uma nação. O café não foi a solução da economia exportadora nacional, mas da produção escravista exportadora do Centro-Sul, o que não é a mesma coisa. A desorganização da economia haitina é de fins do século 18 - a produção cafeicultora fluminense, das primeiras décadas do século seguinte. Não há relação causal determinante. A produção cafeicultora apoiou-se essencialmente na mão de obra escravizada e não imigrante, que, nessa época, foi dirigina essencialmente para o sul do Brasil, onde se estabeleceram como colonos-camponeses. Os imig.rantes substituiriam os trabalhadores escravizados apenas a partir de meados dos anos 1880, quando da crise da escravidão, e impulsão da produção cafeicultora. As ferrovias e os navios a vapor são de inícios da segunda metada do século 19, e reforçam, e não fragilizam a escravidão. O mercado e a indústria no final da monarquia e na República Velha foram essencialmente regionais, e não nacionais. abraço MM

Subject: GEHB ** UMA PASSADA PELA ECONOMIA BRASILEIRA NO SECULO XIX
 
UMA PASSADA PELAECONOMIA BRASILEIRA NO SECULO XIX
No inicio do século XIX a economiabrasileira encontrava-se em decadência, principalmente pelo fato dasexportações brasileiras de açúcar estarem em declínio, a Europa produzia açúcaratravés da beterraba, as exportações de algodão eram substituídas pela produçãonorte-americana, com esses problemas o Brasil encontrava dificuldade de seinserir no mercado internacional, e ao mesmo tempo não tinha um mercado internoque pudesse o ajudar nessa situação, o que dificultava uma revoluçãoindustrial.
 O Brasil precisava aumentar suas exportações afim de financiar sua balança comercial deficitária, na mesma época o cafécomeça a surgir no entorno do Rio de Janeiro, mais adiante expandiu-se  para o Vale do Paraíba e por todo oestepaulista, e o café foi a solução para o problema das exportações brasileiras, essasexportações ganharam ainda mais força após a desorganização política eeconômica do Haiti.
Contando com terras, mão de obraem abundância, uma massa trabalhadora formada principalmente por imigranteseuropeus, e um transporte a base de mulas, o Brasil se aproveitou muito destemomento, principalmente com o preço do café em alta, mas durante este processode expansão o café se mostra inelástico, e com uma produção cada vez maior ocafé entra em crise, mas até este momento o setor cafeeiro já conseguiraacumular lucros, lucros estes tiveram um aumento significativo com a chegadadas ferrovias e navios movidos a vapor, que fizéramos custos caírem. E o Brasiljá tinha uma população maior, que aumentou com a chegada de imigrantes, quevinham abastecer a produção cafeeira a traziam junto, seus conhecimentos maisavançados principalmente em relação à indústria, e também produzia uma Mao deobra assalariada, que distribuiu mais demanda oriunda das exportações cafeeira.E estes pontos citados anteriormente possibilitaram o surgimento de um mercadomaior e complexo de indústrias internamente.
                O surgimento deste mercado foiajudado com uma política cambial de desvalorização da moeda nacional, quefacilitavam as exportações, e no caso das importações adotou-se uma políticaseletiva que incentivava a importação de bens de capital e matéria prima, e asexportações brasileiras tiveram mais uma ajuda, que foi o inicio da 2ª guerramundial que provocou um aumento na demanda internacional.
                                                                                                                                  José Torres Neto     
__._,_.___
Atividade nos últimos dias:
    **Este grupo foi criado com o intuito de promover releituras da HISTÓRIA DO BRASIL e tão-somente  HISTÓRIA DO BRASIL.  Discussões sobre a situação atual: política, econômica e social não estão proibidas, mas existem outros fóruns mais apropriados para tais questões.

                                                                                                    Por Favor divulguem este grupo e grato pelo interesse .
 
.

__,_._,___

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Arquivo do blog

Seguidores do Grupo de Estudos da História do Brasil - GEHB.

Livraria Cultura - Clique aqui e conheça nossos produtos!