Este espaço é reservado para troca de textos e informações sobre a História do Brasil em nível acadêmico.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

GEHB ** Obra resgata pesquisa de Gilberto Freyre sobre escravidão

 
Jorge Peter/Ag. O Globo / Gilberto Freyre: inovador nos métodos de
 pesquisa de história social, sociologia e antropologia brasileiras
Gilberto Freyre: inovador nos métodos de pesquisa de história social, sociologia e antropologia brasileiras
Fonte: Publicado em 10/05/2010 | Folhapress

Obra resgata pesquisa de Gilberto Freyre sobre escravidão

Marco na história nacional, O Escravo Nos Anúncios de Jornais Brasileiros do Século XIX, do sociólogo pernambucano, ganha relançamento pela editora Global

São Paulo - Mais do que intérprete da formação da identidade nacional, Gilberto Freyre foi também um inovador nos métodos de pesquisa de história social, sociologia e antropologia brasileiras. Se alguém esquecera dessa faceta, ela volta a público em boa hora, com o relançamento, pela editora Global, de O Escravo Nos Anúncios de Jornais Brasileiros do Século XIX.
No trabalho, fruto de uma conferência de 1935 e publicado originalmente em 1963 (a terceira e última edição era de 1984), o sociólogo pernambucano esmiúça mensagens pagas em periódicos, principalmente Diário de Pernambuco e Jornal do Commercio (Rio de Janeiro), e delas extrai informação valiosa. Entre outros feitos, ele consegue: identificar origens tribais ou geográficas de africanos trazidos para o Brasil, seus traços físicos, marcas no corpo, costumes culturais, modos de vestir e falar; constatar que havia raquitismo entre as vítimas da falta de higiene nos navios negreiros; confirmar entre os escravos a ocorrência de ainhum, doença que causa amputação de dedos dos pés; e mostrar a preferência dos senhores por "escravos de tipos físicos e características culturais mais semelhantes aos da população culturalmente dominante''.
Um exemplo de anúncio, na grafia da época: "Fugio desde o dia 13 de agosto do corrente anno o escravo Luiz, com os signaes seguintes: alto e bem feito de corpo, tem dentes limados e perfeitos e o dedo mínimo do pé cortado; quando falla com mêdo é bastante gago''. Freyre – o homenageado da próxima Flip, a Festa Literária Internacional de Paraty, em agosto – define o método como "anunciologia'' e gaba-se de, "ainda muito jovem'', tê-lo introduzido no Brasil.
Há menções ao "lado benigno da escravidão no Brasil'', aspecto tão caro à obra do sociólogo, mas ele próprio, no prefácio à segunda edição, escreve que os anúncios "revelam o que, na verdade, houve de cruel, em contraste com aquelas evidências de benignidade". A nova edição tem prefácio do diplomata e historiador Alberto da Costa e Silva e incontáveis textos preliminares de edições anteriores, os quais, somados ao estilo caudaloso de Freyre, por vezes tornam a leitura redundante.
Mas o maior problema do volume é não trazer a reprodução dos anúncios tais quais foram publicados à época. No lugar, optou-se por versões estilizadas, que ainda omitem a fonte de referência. Não basta para embotar a relevância do relançamento.
Para o historiador Manolo Florentino, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), especialista na matéria, o livro é "um marco na historiografia nacional'' e a nova edição, "muito bem-vinda''. "Gilberto foi um dos primeiros a utilizar aqui a prática dos 'Annales' franceses (escola ligada à revista Annales d'Histoire Économique et Sociale) de tratar tudo como fonte histórica. E o olhar dele – especial, refinado, elegante – tirou o máximo dessas fontes.''
Serviço:
O Escravo nos Anúncios de Jornais Brasileiros do Século XX, de Gilberto Freyre. Global, 256 págs., R$ 47.

__._,_.___
Atividade nos últimos dias:
    **Este grupo foi criado com o intuito de promover releituras da HISTÓRIA DO BRASIL e tão-somente  HISTÓRIA DO BRASIL.  Discussões sobre a situação atual: política, econômica e social não estão proibidas, mas existem outros fóruns mais apropriados para tais questões.

                                                                                                    Por Favor divulguem este grupo e grato pelo interesse .
 
Visite o Blog do nosso Grupo:http://www.grupohistoriadobrasil.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Arquivo do blog

Seguidores do Grupo de Estudos da História do Brasil - GEHB.

Livraria Cultura - Clique aqui e conheça nossos produtos!